Got My Cursor @ 123Cursors.com
MEU ANIMAL AMIGO: Julho 2012

sexta-feira, 27 de julho de 2012

REUMATISMO EM CACHORROS

A origem e as causas das dores musculares ou afecções reumáticas nos cachorros podem ser em decorrência do desenvolvimento ou a presença de outras doenças, ou até pela própria faixa etária dos cachorros. Entretanto até hoje, os pesquisadores ainda não conseguiram definir e esclarecer cientificamente uma causa única ou inicial do reumatismo em todas as suas formas agudas e crônicas, sendo considerado então como uma doença decorrente de diversas causas distintas, e que podem ser devido a mudanças bruscas de temperatura, devido a alergias, e também devido a pré-existência de outras doenças.  E além de ter ocasionado por diversas origens.

O reumatismo também se manifesta de diversas formas, pois existe um grande número de quadros clínicos relacionados entre si, pois todos eles manifestam de maneira semelhante os sintomas principais do reumatismo, que são as dores e os edemas ou inflamações musculares. Podendo também se apresentar em um estado agudo ou crônico, sendo que no estado crônico a dor desloca-se pelas articulações, manifestando-se de forma rápida e em partes distintas do organismo provocando dores e tumefações, que podem se manifestar com vários graus de intensidade e persistir tenazmente ou desaparecer tão rapidamente como chegaram, para voltarem a aparecer instantaneamente em outro local diferente.

E estas manifestações ocorrem com maior preferência na musculatura, nas articulações ou nos nervos.  E conforme o tecido em que se apresenta a dor, pode se chamar o reumatismo de muscular, articular, ou nervoso. E as afecções reumáticas e as dores ou distúrbios musculares são problemas bastante comuns que acometem frequentemente os cachorros, estando entre as dores de maior incidência juntamente com as dores ósseas e dores de ouvido. E podem inclusive serem muito debilitantes, especialmente em cachorros na faixa etária acima de sete anos ou idosos. Em geral, as dores acarretam uma grande dificuldade ou até a incapacidade do cachorro em andar normalmente.

O que provoca a necessidade de um perceptível e considerável esforço por parte do mesmo para tentar amenizar as dores musculares ao se movimentar, devido principalmente aos músculos acometidos estarem constantemente muito inflamados, duros e tensos. E uma medicação especifica e adequada, prescrita por um veterinário pode ajudar a resolver ou melhorar em muito as dores musculares, eliminando-as ou aliviando consideravelmente a sua intensidade. Proporcionando um efeito analgésico, restabelecendo as funções do tecido muscular, diminuindo consequentemente a dor, a tensão e o desconforto muscular.

Permitindo que os músculos voltem a ficar mais maleáveis e flexíveis, e possibilitando uma mobilidade normal ao cachorro.  Entretanto, em muitos casos os medicamentos específicos prescritos pelos médicos veterinários que geralmente são anti-inflamatórios ou analgésicos, são pouco eficientes ou totalmente ineficazes ou mesmo sendo eficientes produzem grandes efeitos colaterais, principalmente quando se utilizam injeções de corticosteroides. E para os quais a intervenção cirúrgica não seria benéfica ou envolveria riscos associados com outras condições preexistentes.